Aeromoça revela a vida Real na tripulação

Uma comissária de bordo anônima de uma companhia aérea britânica se juntou às frotas "para viajar pelo mundo, encontrar novas pessoas e receber o pagamento por este estilo de vida". 15 anos depois, ela tem histórias para contar. "Uma aeromoça foi pega praticando prostituição a bordo. Ela foi pega fraudando cartões – tentando angariar a prática" lembra, mencionando que pelo menos dois de seus colegas de trabalho tiveram shows paralelos com prostitutas. "Ela só foi despedida porque mudou de quarto de hotel, mas ela não informou seus clientes onde estava - e eles estavam procurando por ela".

"Outra aeromoça fez uma viagem à Los Angeles e ela teve um pequeno negócio lá de pessoas que entravam no quarto de hotel e faziam sexo com ela. Era perfeito, pois estava encontrando pessoas realmente de classe alta, executivos de primeira classe, onde o dinheiro não é nada para eles e eles estão dispostos a pagar por isso - por uma jovem com corpo de boneca com um bumbum pequeno e uma saia apertada. A garota foi paga trabalhando como dominatrix".

source

A comissária anônima também afirma que a área de descanso da tripulação é um local popular para funcionários que querem um pouco de descanso durante as horas tranquilas do vôo. "Em um 747 [jato], os pilotos têm beliches na parte de trás do cockpit e o capitão estava procurando por uma aeromoça, e havia dois pilotos assumindo o comando para que o capitão fizesse uma pausa", disse ela. "Eles deixaram ele e a menina entrar no quarto no meio do vôo, estava tudo seguro, mas eu acredito que o quarto estava balançando e não era turbulência!"

source

Um piloto infiel conseguiu se relacionar com sua amante aeromoça no avião enquanto a esposa estava a bordo. "É comum que os pilotos saiam com aeromoças, especialmente as aeromoças mais novas que se juntam às frotas", afirmou a comissária de bordo. As meninas às vezes acreditam estupidamente e ingenuamente que isso é algo especial. A maioria dos pilotos tem parceiras e famílias em casa. Uma história que eu ouvi foi de um piloto que tinha uma esposa em casa, e conseguiu engravidar uma aeromoça - e ela agora mora com eles em sua casa. Qualquer coisa flutua nesse barco. "

source

No entanto, a tripulação não é contra e se divertirem com isso também. Os funcionários com menos de 21 anos não podem beber, então eles fazem festas no quarto - a oportunidade perfeita para os pilotos se aproveitarem deles. Os destinos de longa distância como Hong Kong ou Cingapura são os mais condutores desse tipo de comportamento. A tripulação pode receber até três noites de tempo livre antes de voltar para casa. "É um novo destino, pessoas novas, momentos emocionantes e você tem a emoção do vôo".

source

Mas não é só sexo por dinheiro que há nos vôos. Os passageiros irritados, rudes e cansados do vôo, são um dos maiores problemas. "Eu tive passageiros tropeçando de propósito em suas bandejas de refeição porque não podiam escolher as refeições que queriam", diz a aeromoça. "Nunca são de primeira classe, sempre acham que são da classe executiva, mas não são". Ela até conta a história de um passageiro que era grosseiro com sua amiga. Para se vingar dele, elas roubaram seu casaco enquanto ele estava dormindo, cortaram a extremidade das mangas e colocaram purê de caranguejo e camarão lá dentro. Quando ele estava indo para Barbados, uma combinação assim aumentaria bastante o fedor!

source

"O chefe dizia coisas realmente sujas em italiano fazendo seus amigos rirem", a aeromoça contou outra história sobre homens que faziam comentários sexistas sobre ela. "Quando ele estava dormindo, escondi um dos seus sapatos e o fiz sair do avião com um sapato só. Vendo ele segurar a bagagem com um só sapato era brilhante". Mais algumas brincadeiras inócuas eram feitas entre a tripulação. Os capitães são muitas vezes desafiados a dizerem coisas divertidas no PA. "Ele dizia coisas como:" Senhoras e senhores, esta noite, baby, eu sou seu homem e eu vou voar sobre você em um sussurro descuidado", a aeromoça se lembrou de um desafio que incluía músicas de George Michael.

source

Outro lado do desafio relacionado ao trabalho, servir celebridades nunca é fácil. "Nós sempre conhecemos celebridades e famosos, minha amiga foi cantada por um jogador de futebol casado, cuja esposa acabara de dar à luz gemeos na volta da copa do mundo", disse a aeromoça. "Eu sirvo alguém em primeira classe da mesma forma que na base econômica, as pessoas - se elas são realmente famosas - gostam que você seja extremamente natural ou elas paralisam. Apesar disso, eu conheço muitas pessoas que namoraram celebridades".

source

A comissária de bordo tem um parceiro de longa data em casa e nunca participou dos atos sexuais. Além disso, ela diz que as companhias aéreas se tornaram muito mais estritas nos últimos anos e há muito menos "diversão" no ar agora. No entanto, ela não tem arrependimentos: "É apenas algo que eu sempre quis fazer".

Discussão

Mais quizzes